Capacitação de Técnicos da AdeM

Formandos da AdeMCinco técnicos da empresa Águas de Moçambique (AdeM) participaram numa capacitação em canalização, ministrada pela nossa instituição, que decorreu de 4 a 15 de julho do ano 2016 e, no mesmo período, outros 9 foram treinados em matéria de Balanço Hídrico. Por outro lado, de 11 a 15 de julho e de 15 a 19 de Agosto, um total de 36 técnicos da AIAS foram capacitados em Gestão de Perdas. Os três cursos tiveram uma componente teórica e outra prática.

 

   

No curso de canalização, os formandos aprenderam sobre ferramentas e equipamentos usados na canalização, diferentes tipos de tubos e respectivos acessórios. Foram abordadas, igualmente, ao longo da formação, a reparação e manutenção das condutas, assim como a operação e manutenção dos diferentes tipos de válvulas. Os formandos obtiveram, também, conhecimentos sobre a soldadura do tubo PP-R com a electrofusora, bem como sobre operação e manutenção de motobombas e tiveram aulas práticas de reparação e manutenção de diferentes tipos de válvulas, assentamento da tubagem e ligações domiciliárias.

 

O curso do Balanço Hídrico, que decorreu nas instalações do CFPAS, dotou os participantes de habilidades na identifi cação e reparação de fugas; diferenciação de perdas físicas e comerciais; quantificação da água não contabilizada e determinação de todas as componentes do Balanço Hídrico, nos Sistemas de Abastecimento de Água.

 Formandos AdeM

Aula prática de reparação de fugas de água

Os 2 cursos de Gestão de Perdas ministrados pelo CFPAS contaram, cada um, com 18 formandos. O primeiro decorreu nas instalações do CFPAS e benefi ciou técnicos de empresas localizadas nas províncias de Maputo (Moamba e Namaacha), Gaza (Chibuto, Manjacaze e Mabalane), Inhambane (Massinga e Inharrime) e Sofala (Nhamatanda). O segundo, realizado na Cidade de Nampula, nas instalações da DPOPHRH, teve a participação de formandos provenientes de empresas de Água localizadas nas províncias de Cabo Delgado (distritos de Ancuabe, Mocímboa da Praia, Montepuez), Zambézia (distritos de Alto Mulócue, Mocuba, Ribáue, Mopeia e Gurué), Nampula (Nametil ), Tete (Ulongue) e Sofala (Caia), para além de representantes das delegações da AIAS da Zambézia e Pemba. Com a capacitação em Gestão de Perdas, os benefi ciários já são capazes de criar, medir e gerir uma Zona de Medição e ontrolo (ZMC); reparar fugas; diferenciar perdas físicas das comerciais; quantifi car a água não contabilizada; criar uma base de dados, com recurso a ferramentas como GIS (Geographic Information System) e akvoflow (software para executar levantamentos) e produzir um plano de acção exequível.