Contacto 82 310 5500
Email info@cfpas.co.mz

Notícias

O CFPAS e a COVID 19

A pandemia da COVID 19 resultou em muitas perdas para muitas organizações, a nível global. Nesta perspectiva, o CFPAS não escapou ao impacto da pandemia e sofreu, do ponto de vista de receitas, uma vez que a esmagadora maioria dos alunos deixou de pagar as mensalidades. Perante este cenário, recorrendo a fundos próprios e com o apoio da Swisscontact, nosso parceiro, a nossa instituição arregaçou as mangas e elaborou um plano de acção que culminou com a implementação das medidas de prevenção da COVID 19, designadamente a higienização das mãos, distanciamento social e uso de máscaras e viseiras. Paralelamente, foram realizadas capacitações em matéria de prevenção e sobre as formas de lidar com uma situação de ocorrência de COVID 19, na instituição, designadamente os procedimentos a seguir, para evitar mais contaminações.

Medidas de prevenção implementadas

A nossa instituição, numa primeira fase, começou por adquirir desinfectantes, que foram distribuídos aos funcionários. Seguidamente, após uma visita de inspecção realizada pela saúde, que resultou em recomendações, o CFPAS decidiu avançar para um programa mais completo, que contemplou a aquisição de termómetros para medir a temperatura corporal a utentes e funcionários do CFPAS, viseiras, lavatórios, torneiras, desinfectantes e sistemas de lavagem das mãos, para as oficinas de bombas, electricidade, motores e canalização, assim como os laboratórios de química e hidráulica.

Outra acção levada a cabo pelo Centro foi a criação de pontos de desinfecção dos sapatos que consistem em uma estrutura metálica rectangular feita com pedaços de cantoneira imbutidos no chão, de modo a ficarem fixos, que alberga um fundo de saco plástico sobre o qual foram colocados pedaços de mantas que recebem o líquido desinfectante onde o calçado vai pousar, de modo a eliminar o vírus, caso esteja presente.

A reabilitação das casas de banho e a instalação de lavatórios com as respectivas torneiras, permitiram o distanciamento social e a disponibilidade permanente de água, para a higienização das mãos.

Relativamente ao controlo da temperatura dos utentes, funcionários e alunos da instituição, foi colocado um funcionário, no edifício sede, e outro, no complexo da Malanga, que deve fiscalizar a lavagem correcta das mãos e dar instruções, em caso de má higienização das mãos.

Mensagens de prevenção

As mensagens disseminadas a propagação da COVID 19 visaram levar os utentes, funcionários e estudantes a:

  • Lavarem as mãos correctamente (lavar primeiro o manípulo da torneira);
  • Respeitarem o distanciamento social de 1,5 metros;
  • Usarem máscara correctamente;
  • Não se abraçarem;
  • A não tocarem nos corrimões e nem nas paredes.

Capacitação de formadores e funcionários

Com o intuito de dotá-los de conhecimentos com vista a gerir as actividades da instituição, obedecendo aos procedimentos recomendados para a implementação das medidas de prevenção da COVID 19, formadores e funcionários foram capacitados por equipas do Ministério da Saúde (MISAU), sobre medidas de prevenção e de mitigação.

A biblioteca passou a ter melhor circulação de ar… Com o intuito de melhorar o arejamento da biblioteca do Centro, foram realizadas obras, no espaço vidrado, nas partes superiores laterais, que consistiram em aberturas  iguais, 2 em cada lateral, e na colocação de janelas, para permitirem uma melhor circulação de ar, uma vez que a biblioteca só tinha uma porta que possibilitava a entrada de ar.

Sinalização do espaço

Ao longo do chão, foram colocadas sinalizações a indicar o distanciamento social, e setas que mostram os locais de entrada  e saída das pessoas

Acções paralelas às medidas de prevenção

A preceder a implementação de medidas de prevenção, todos os técnicos e funcionários da instituição estiveram envolvidos em acções de limpeza e lavagem dos compartimentos que compõem o edifício sede, desde as salas de aulas, passando pelas oficinas e laboratórios anteriormente mencionados, até ao complexo da Malanga, onde ocorrem as práticas de canalização e de furos/bombas. A par das limpezas, a nossa organização investiu na pintura do edifício-sede, designadamente nas paredes do pátio.

O apoio valioso da Swisscontact e o regresso às aulas

A Swisscontact, uma Organização Não-governamental operando em Moçambique e parceira do CFPAS, está a liderar um projecto cujo objectivo é capacitar jovens desempregados, dos 18 aos 35 anos, em várias áreas de formação. Neste contexto, o CFPAS é um dos seus parceiros principais. Ciente da situação da pandemia, tem apoiado o CFPAS quer na capacitação dos formadores para responder à demanda da formação por competências, quer no que tange a implementação de medidas de prevenção, tendo adquirido viseiras que estão a ser usadas pelos formandos dos cursos de electricidade civil, adução e bombagem, canalização predial e canalização de esgotos, o que ajuda na prevenção de contaminações da COVID 19, já que a vista e a boca estão protegidas.

Após um trabalho aturado, por parte do staff do Centro,  com o apoio da Swisscontact e com os procedimentos e medidas de prevenção estabelecidos e em acção, foi possível o regresso as aulas, após 7 meses de incertezas.